segunda-feira, abril 04, 2011

Geeente

Postado por Mayara Azalscky às segunda-feira, abril 04, 2011 2 comentários

Passando só avisar que tá difícil ficar postando todos os dias!
Obrigada pelas visitas e comentários suas(eus) lindas(os) 
De fim de semana estarei sempre por aqui, e responderei a todos!
Beijinhos, Mayara Azalscky

sábado, abril 02, 2011

Parabéns!

Postado por Mayara Azalscky às sábado, abril 02, 2011 3 comentários


Passei O1 ano e O7 meses acreditando em você e quebrei a cara.
Jurei nunca mais voltar e voltei com minha palavra.
Te dei mais uma oportunidade para me mostrar que você havia mudado...
E você jogou fora.

sexta-feira, abril 01, 2011

E o meu príncipe virou fera, num conto de fadas ao inverso.

Postado por Mayara Azalscky às sexta-feira, abril 01, 2011 0 comentários

Continuará caminhando...

Postado por Mayara Azalscky às sexta-feira, abril 01, 2011 1 comentários
Apenas uma pessoa correndo em passos lentos, chorando com lagrimas invisíveis. Ele gostaria tanto de pensar, no entanto, não há planos, arrependimentos, não há questões, pelo simples fato dele ter guardado o seu passado e futuro, procurá-los é inútil, pois não serão encontrados, sumirão, ficaram muito tempo no mesmo lugar. Não sente nada nem a vontade de sentir, não há nada ao seu redor, o que ele precisa já tem, um solo para caminhar e mesmo que isso não existisse, não se importaria em ficar sentado ou deitado, nada disso importa. E mesmo que um dia ele pare de respirar, continuará caminhando, pois não há vinda, nem volta. Sem dor, remorsos, culpas, sem risos, apenas um ser preso em sua própria liberdade, um nada sobre o nada.

É só um desabafo...

Postado por Mayara Azalscky às sexta-feira, abril 01, 2011 0 comentários
Pois é, eu trocaria tudo agora por apenas uma coisa, simples: uma coração de pedra. Qual será sua função mesmo? Nada. Isso! É isso que eu gostaria de sentir, nada; pelo menos não sofre.. e também não é feliz, mas pelo menos não sofre. Você entrou na minha vida, e desde então ela não está a mesma, mudou, pra pior. Para completar os problemas básicos de uma família, até porque qual família não tem seus problemas? Mas o problema é que não consigo resolver os problemas, então eles ficam cada vez maiores, e eu cada vez mais preocupada, stressada, revoltada. E qual o resultado disso? Sem sair de casa, sem amigos.. e sem você. Quer coisa pior que você não ver a pessoa que você mais gosta? Ah, tudo bem.. talvez seja para mim aprender que você é um zero a esquerda e tem todas aos teus pés. É, "todas" .. todas as de baixo nível, convenhamos meu bem. Eu sei que você me machucou demais, tudo bem eu gosto ainda de você.. é eu gosto, não o amo mais, pois as pessoas mudam de opinião, não é mesmo? Além do coração de pedra, eu queria que o mundo explodisse com as piores pessoas, e as boas saíssem ilesas. Ok, voltemos a realidade. Eu queria ter paz de você, porque quando estou bem, e penso que esqueço você, você surge das cinzas e faz eu sentir sensações que eu não poderia estar sentindo novamente, por você. Eu queria que pais entendessem que eu não vou me drogar, me prostituir, e engravidar e sim me divertir com meus amigos, e que o significado de "divertir com meus amigos" seja o mesmo que o meu, porque não precisa de todas essas coisas ruins pra se divertir. Alías, quem se diverte com coisas ruins? É, eu acho que ninguém.. Talvez eu não esteja bem, tudo isso me fez surtar, e eu cansei de tudo isso, eu quero algo novo, now! Stressei, cansei e.. surtei! Acho que comecei bem até, pois não acredito em destino, coisas escritas, tudo isso é clichê. Porém acho que erro em algo, pois vejo o futuro prevendo o passado.

 

Sentimentos Gratuitos Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei